referências

O Desacelera SP é uma iniciativa inserida em uma lógica mais ampla, de desaceleração da vida. Para construí-lo, nos inspiramos na obra “Devagar” (Carl Honoré, Editora Record) e no movimento “slow”, que cresce a cada dia no mundo reunindo pessoas que buscam viver melhor, viver com menos e viver para conhecer e respeitar os seus próprios ritmos.

 

Leia alguns TEXTOS produzidos pela nossa equipe, que podem ser inspiradores:
* 6 atitudes para desacelerar em 2018
Lista de Michelle Prazeres

* Por que a gestão do tempo não vai te ajudar a desacelerar. E como a consciência temporal pode ser um caminho…
Artigo de Michelle Prazeres
* Texto aberto sobre as relações entre tempo, trabalho e dinheiro
Artigo de Michelle Prazeres

“Meu primeiro passo para desacelerar foi entender que eu estava correndo. E que não queria correr”
Artigo de Michelle Prazeres

A velocidade é a normose da atualidade?
Artigo de Edu Cordeiro
Vamos conversar sobre presença, conexão e tecnologias?
Texto de Michelle Prazeres, inspirado em roda de diálogo promovida em parceria com a La Gracia Design em Julho de 2017

Em 2017, para o que você quer ter tempo?
Ensaio de Michelle Prazeres

O seu tempo é seu?
Artigo de Michelle Prazeres

Como desacelerar? Veja algumas dicas…

O que buscamos para o Guia Desacelera SP?

 

Veja a seguir OUTRAS REFERÊNCIAS que nos inspiram.


SITES

Slow Movement

Slow Food Brasil

Slow Food International

Carl Honoré

Simplicidade Voluntária

 

LIVROS

 

 

 

ARTIGOS E REVISTAS CIENTÍFICAS

Ordem cultural e ordem natural do tempo
Artigo de Vicente Romano

Revista Estudos Culturais – EACH / USP – Número 2
Esta edição da Revista Estudos Culturais foi dedicada a estudos sobre o tempo, tema recorrente em diversas áreas do conhecimento e que vem adquirindo relevância crescente num mundo globalizado no qual as pessoas acabam se expondo a desafios inéditos até meados do século XX.

O sujeito diante da aceleração e da ilimitação contemporânea – Haroche, Claudine.  Revista Educação e Pesquisa. vol.41 no.4 São Paulo out./dez. 2015.

 

FILMES E DOCUMENTÁRIOS