Desaceleradora de pessoas e negócios

POR QUE DESACELERAR?
:: Porque a velocidade parece ser uma regra na nossa vida hoje. Mas quando ela é realmente necessária? Quando não faz sentido? Desacelerar é a oportunidade de pensar nas suas urgências e prioridades e de reconstruir a sua relação com o tempo, pensando no que faz sentido para você. Isso é consciência temporal.


ATUAMOS EM
:: Processos de formação e reflexão :: Coaching e consciência temporal :: Produção de conteúdo

O QUE NOS MOVE
:: Relações entre pessoas e organizações :: Noções de presença e convivência afetiva
projetos
São projetos do Desacelera SP: as rodas de diálogo sobre o tempo, as oficinas de consciência e coaching temporal; o grupo de reflexão e diálogo sobre o tempo; o grupo de narradores afetivos; o DIA SEM PRESSA | SLOW DAY; e o Guia Desacelera SP
serviços
Alguns destes serviços são: a produção de narrativas afetivaso coaching temporal, as consultorias para (re)pensar relações e transformar ambientes com base na convivência afetiva; e as cartografias afetivas.
o movimento
Este é um movimento que milhares de pessoas vem fazendo ao redor do mundo, e que vem crescendo também no Brasil. Desacelerar não diz respeito, necessariamente, a ser devagar. É sentir o que se está fazendo, com convivência afetiva, atenção plena e consciência temporal.
Dia sem pressa
Dia 22.09.2018 será o DIA SEM PRESSA: um evento de mobilização para uma vida simples e desacelerada na cidade que reunirá pessoas, grupos, projetos e marcas que valorizam e empreendem uma vida afetiva, humana, artesanal; com convivência e cuidado com as relações e pessoas.

Últimas postagens

RITMO DIÁRIO EM CASA E SUA RELEVÂNCIA AO LONGO DA VIDA

“Deixando-os entediados, você os ajuda, porque esse momento representa a oportunidade que as crianças têm de mergulhar no processo de criatividade interior. O fato de que as crianças são capazes de ficarem por sua própria conta, para criar suas próprias brincadeiras sem a direção de um adulto é de extrema …

Contemplar o capim

Quem tem tempo de se espalhar na grama e admirar a lança de capim em vez de conferir a tela do smartphone? Em 1855, o poeta Walt Whitman não sabia nem precisava saber o que era ser multitarefas, mas já ensinava, em seu poema clássico, que a mente precisa vadiar. …

Com Museu da Empatia, filósofo australiano busca fomentar trocas humanas

A ideia de criar um Museu da Empatia é uma das grandes ambições do filósofo australiano Roman Krznaric. Sendo um dos fundadores da The School of Life, Krznaric virá ao Brasil pela 1a vez para proferir uma palestra, em São Paulo, sobre compaixão e trabalho. Autor do best seller Como Encontrar o Trabalho …